Biografia de Oliver N’Goma





Oliver N’Goma (23 de Março 1959 – 7 Junho de 2010) foi um cantor e guitarrista do Gabão que cantava nos géneros afro-zouk e reggae. Apelidado de “Noli”, ele nasceu em Mayumba no sudoeste do Gabão em 1959. Ele é mais conhecido por sua canção lançada em 1989 com o titulo “Bane”, que foi popularizada pela Radio Africa N.1 e Gilles Obringer.

Carreira
N’Goma foi exposto pela primeira vez na música por seu pai, um professor e tocador de piano. Embora ele teve suas primeiras lições de música quando tinha oito anos de idade, ele começou a se apresentar para o público depois de se mudar para Libreville a frequentar a escola. Embora tendo aulas em contabilidade, ele se juntou ao Capo Sound, a banda da escola, onde aprendeu a tocar guitarra. O grupo tocou em bailes formais e jogos, aprendendo assim a arte de se apresentar no palco.

N’Goma era um estudante pobre, dedicando-se à música e cinema. Seu amor pelo filme levou-lhe a um trabalho com a Gabão TV, que o enviou para a França em 1988, onde foi treinado para se tornar num cameraman. Passando o temo em Paris, ele terminou o seu trabalho musical que havia escrito no Gabão. Ele compartilhou sua música com Manu Lima, um produtor musical bem conhecido para a música Africana. Lima ficou impressionado com o trabalho do jovem, e lidou com a direção artística do primeiro registro de N’Goma “Bane”.

O álbum teve um sucesso modesto no início, até uma estação de rádio Africana começou a tocar as suas canções. As musicas fizeram muito sucesso na África, França e Índia Ocidental. O seu álbum foi considerado um dos mais vendidos da África.

N’Goma lançou um segundo álbum, “Adia” em Dezembro de 1995, novamente trabalhando com Manu Lima. Cinco anos mais tarde, seu terceiro álbum “Seva” foi estreado. A compilação dos maiores sucessos, Best of Oliver N’Goma foi lançado em 2004.

Morte
Oliver N’Goma morreu de insuficiência renal, uma doença que ele tinha lutado ate os dois últimos anos de sua vida, em 7 de Junho de 2010, no hospital Omar Bongo em Libreville, Gabão.

Fonte: Wikipédia